Activa ID | Afinal, o que é e para que serve a blockchain?
Afinal, o que é e para que serve a blockchain?

Afinal, o que é e para que serve a blockchain?

Com o desenvolvimento e popularização da criptomoeda, o meio digital teve que se adaptar a esse novo conceito.

Com o desenvolvimento e popularização da criptomoeda, o meio digital teve que se adaptar a esse novo conceito. A principal adaptação necessária era, claramente a de segurança. Afinal, como identificar que uma moeda 100% digital foi efetivamente transferida? Por isso hoje vamos falar para que serve o blockchain, uma tecnologia que valorizou muito a bitcoin.

1 - Para que serve a blockchain

Quando falamos sobre para que serve a blockchain, primeiro temos que entender sua composição. A blockchain não passa de uma estrutura de dados, porém ela tem uma imensa importância para o mercado de criptomoedas, um mercado que certamente vem crescendo em escala exponencial.

Como segurança é importante para ambos os lados durante transações de criptomoedas, era necessário um meio de autentificar as transações e garantir que não haveria a adulteração do próprio registro das transações em nenhum dos lados, garantindo assim a segurança e integridade total do processo.

É isso é justamente para que serve a blockchain, para não permitir que uma informação seja modificada ou alterada na transação digital, garantindo autencidade de ambas as partes da transação e impedindo que o próprio registro da transação tenha sua integridade ferida.

A estrutura em si do blockchain é bem interessante. Ela é distribuída entre diversas infraestruturas digitais. Essas camadas adicionais na infraestrutura permitem que haja o total consenso sobre o estado de uma transação antes de a mesma ser executada. Cada nó terá uma cópia do registro autenticado, garantindo a segurança da transação.

Apesar de ser usado em alguns outros locais, a esmagadora maioria das pessoas que utilizam blockchain é para conseguir fazer transações em Bitcoin em total segurança e anonimato. Isso permite até mesmo controlar quem participará das transações, uma tecnologia valiosa para muitas organizações.

Além disso, a falta de exigência de um mediador ou autoridade para validar o registro torna esse sistema perfeito para afiliados com condições igualitárias, pois não exige a presença de um gerente ou árbitro da transação.

O que se faz quando se utiliza o blockchain é anular a necessidade de um terceiro elemento e o substituir por um computador para que verifique e validade as transações. Isso além de reduzir os custos e aumentar a velocidade do processo, dá também maior segurança a ambos os lados.

Então já é possível entender para que serve o blockchain, indo muito além da segurança do processo, mas também da capacidade de indivíduos negociarem sem a necessidade de terceiros, e de forma muito mais ágil do que o comum.

As assinaturas digitais dificultam e quase impossibilitam o cenário onde um dos atuantes esteja agindo de má fé, dificultando muito o cenário de fraude e impedindo o surgimento dos mais diversos problemas.

A construção natural do blockchain e sua arquitetura já naturalmente impede que qualquer tecnologia tente fraudar a transação ou a alterar sem o consentimento de um dos lados.

Ou seja, para a restrição e controle de transações, principalmente sem intermediários, uma excelente alternativa é utilizar, quando possível, o blockchain. Isso pois é justamente para que serve o blockchain, ser utilizado como uma forma de garantir a transação de ambos os lados.

2- Uma inovação traz outra inovação

A tecnologia do Blockchain pode parecer extremamente complexa, porém seu conceito é bem simples de ser explicado. As informações necessárias para se autenticar os dados são armazenadas em blocos, e cada bloco possui sua própria assinatura digital, chamada aqui de hash, e tendo uma função extremamente semelhante a identificação biométrica.

O hash basicamente garante que as informações desse bloco de dados não foram violadas de forma alguma, permitindo então que se tenha a confiança necessária para se garantir o processo. Porém, isso seria extremamente simples se houvesse somente um único bloco com o funcionamento, mas existe toda uma cadeia de blocos funcionando com os dados.

Cada bloco novo criado, além de conter seu próprio hash, contém também o hash do bloco anterior. Por isso o nome cadeia de blocos, ou blockchain.

Além do sistema de hash, todas as transações e dados são gravadas no que se chama ledger, que seria algo comparado a um grande livro guardando cada informação sendo tramitada. Porém como a utilização desse sistema costuma ser anônimo, as informações contidas lá são somente letras e números embaralhados.

Pelo blockchain não ser centralizado em uma única rede, ele é ainda mais seguro. Qualquer computador bom com conexão com a internet poderá ter uma camada de nós para um blockchain, porém um único computador não pode conter uma série de camadas. Atualmente há também blockchain em smartphones também.

Todos esses computadores ou celulares interconectados são capazes de autentificar as transações que irão ocorrer com o auxílio do blockchain, tornando assim a transação bem mais segura.

3- Além do bitcoin!

Atualmente, o blockchain é utilizado para diversas coisas, muito além da bitcoin, monero e outras criptomoedas disponíveis.

Com o Blockchain é possível se fazer a validação de documentos por meios digitais, como contratos de serviço ou bens, troca, venda ou aquisição de imóveis, ações, carros e dos mais diversos bens. Qualquer tipo de tramitação que necessita de segurança, é possível se implementar o blockchain, desde que possa ser feito pelos meios digitais.

Uma empresa brasileira chamada de Original My oferece um interessante serviço que permite a utilização de páginas de internet como prova de autenticidade judicial, tudo graças ao uso do Blockchain. Com essa tecnologia é possível provar com dados reais que um conteúdo esteve disponível e publicado em um site, e assim ser utilizado em provas em processos.

As possibilidades com o Blockchain são imensas, e a segurança oferecida com sua utilização garante que nenhum dos lados irá sair no prejuízo, além de retirar a necessidade de um intermediário, o que automaticamente agiliza o processo e diminui os custos de tramitação.

Quer conhecer mais dessas promissoras tecnologias da era digital? Essas e as mais primordiais tecnologias da 4ª Revolução Industrial você poderá conhecer com muitos detalhes no IoT Place Experience. Entre em contato com a Activa-ID e venha conhecer o que é tecnologia de ponta.

LOCALIZAÇÃO
Rua Perucaba, 121
Tatuapé - São Paulo-SP Cep: 03409-010
Central de Atendimento: +55 (11) 3279-3000
CONTATOS

 (11) 3279-3000

MODERN CONNECT

 rfid.ind
 +55 (11) 98963.2365